Aquaponia como Projeto de Reintegração Social

Inicio esse post com muito otimismo, pois acredito no potencial da Aquaponia como um fator a ser considerado, no que se refere à reintegração social.

Cito como exemplos um vídeo no Youtube, onde é desenvolvido um projeto excepcional, na cidade de Itu, pelo pessoal do Crescimento Limpo:

Ainda, temos a Aquaponia sendo adotada em unidades prisionais:

Projeto de Aquaponia em unidade prisional da SAP gera exemplo de sustentabilidade

Ação entre professor de biologia e reeducandos do CDP III de Pinheiros cria projeto que associa criação de peixes com o cultivo de hortaliças

http://www.sap.sp.gov.br/noticias/not816.html

Acredito que a Aquaponia, assim como outros projetos de reintegração sociais, isentos de qualquer pretensão comercial, e que visem de fato o auxílio a pessoas menos favorecidas, ou em situação de exclusão social, podem ser de grande valia.

Imagino que o investimento seja baixo, tendo em vista o baixo custo para se montar e manter um sistema simples de aquaponia.

Os benefícios acredito serem vários:

– as atividades remetem ao pertencimento das pessoas, trazendo-as de volta à sociedade;
– baixo custo, e produção, que podem ser consumidas, ou gerar fonte de renda;
– assim como nas hortas, que já são realidade em diversos projetos, é necessário o trabalho e envolvimento das pessoas;
– atividade extremamente prazerosa, o que pode auxiliar na recuperação da auto-estima das pessoas, pois os resultados são visíveis, e encantam a todos.

Referências no Brasil

Este site, a experiência adquirida, os erros evitados, os sucessos e a inspiração não seriam possíveis sem a colaboração de pessoas incríveis, que gentilmente divulgam informações e se dedicam à aquaponia no Brasil:

Paulo Carneiro:

 

Walter Alves do Amaral:

 

Paulo, Aquaponia Coyote:

 

Emílio, Aquaponia Beira-Mar:

 

Aquaponia Equilibrium:

 

Econós Aquaponia e Sustentabilidade:

 

Aquaponia MS:

 

Peixe com Salada ETC:

 

Agradeço imensamente o conteúdo compartilhado na Internet.